Campanha da Fraternidade

Hoje, quarta-feira de cinzas, iniciamos o período quaresmal e com ele a Campanha da Fraternidade, que este ano tema: "Fraternidade e Juventude" e lema: "Eis-me aqui, envia-me".

Segue palavas de nosso pastor, Dom Tomé, definindo o objetivo da Campanha da Fraternidade deste ano:
[...] O objeto da Campanha da Fraternidade não é a juventude, mas os jovens, os jovens brasileiros. Hoje no Brasil, há uma exaltação da juventude, mas nem sempre uma acolhida aos jovens.

Os jovens  vivem situações peculiares na sociedade brasileira. São muitas as oportunidades de acesso a educação, saúde, trabalho e lazer. Na família, recebem uma atenção mais prolongada dos pais e avós. Não obstante isso, inúmeros jovens não possuem acesso a educação e saúde de qualidade, encontram dificuldade de inserção no mercado de trabalho, experimentam a escravidão dos vícios e terminam presos.

Nas atividades da Igreja a participação dos jovens, em número, sofre sensível diminuição. É verdade que em algumas organizações e associações religiosas, movimentos, pastorais, novas comunidades e paróquias, encontramos a presença de jovens com uma ação exemplar e de profunda significação. Olhando o número total de jovens na sociedade, os que freqüentam as atividades da Igreja são poucos, pouquíssimos.

É ingênuo pensar que a ausência dos jovens nas igrejas seja sinônimo de falta de fé, de descrença em Nosso Senhor Jesus Cristo ou de recusa explícita dos dogmas da fé. O número de jovens ateus, pagãos ou não cristãos cresce, mas ainda não assusta. Os jovens parecem desenvolver formas próprias de relação com o Sagrado, nem sempre vinculadas com nossas igrejas.

[...]

O que define a qualidade da vida cristã e católica é a vivência sacramental, sobretudo a Eucaristia e Confissão, inspirar a vida na escuta orante da Palavra de Deus, pautar as relações sociais pela caridade, a oração em comum, sobretudo a missa dominical, e viver o dia a dia, seja estudo e ou trabalho, vida pessoal e ou familiar, lazer e ou compromissos, de acordo com a moral cristã e católica.

[...]

O que os jovens esperam da Igreja Católica Apostólica Romana é o que a Igreja Católica Apostólica Romana tem de mais precioso e só ela pode dar aos jovens: Nosso Senhor Jesus Cristo. Essa é a missão básica que a Campanha da Fraternidade nos impõe ao longo desta quaresma: ir aos jovens e propor-lhes o conhecimento, amor e seguimento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Os passos seguintes serão conseqüência natural."

Veja o texto na íntegra: http://www.domtome.com/

Que vivamos uma santa quaresma, lembrando que este é tempo de jejum, oração e caridade!

Salve Maria!
Share on Google Plus

Sobre os comentários no site da Federação Mariana

Caso deseje comentar, utilize a caixa de comentários do Facebook, logo abaixo. Não serão permitidos comentários ofensivos ou contrários à fé católica. Salve Maria!
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário